ACONTECE IMOB

NOTÍCIAS

Voltar

Economia e Mercado

Construção busca selos e métodos mais ecológicos

A alemã Knauf aprovou recentemente um aporte de R$ 30 milhões na ampliação de 60% da capacidade na fábrica de Queimados (RJ) para produção de chapas a base de gesso ( drywall) para paredes na construção civil.

13/02/2012

A alemã Knauf aprovou recentemente um aporte de R$ 30 milhões na ampliação de 60% da capacidade na fábrica de Queimados (RJ) para produção de chapas a base de gesso ( drywall) para paredes na construção civil. "Todos estão de olho no potencial do País", afirmou ao DCI o diretor-financeiro da Knauf do Brasil, Siegfried E. Bretzke, para quem a produção da empresa em 2011 atingiu 18 milhões de m² de chapas de drywall, alta de 28% em relação a 2010.

A expansão desse mercado em 2012 deve chegar a 25%, segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas para Drywall, graças a característica de economia de material de construção e rejeitos de obras para a construção com a chapas e divisórias baseadas em gesso.

A questão é que na esteira da sustentabilidade, as construtoras têm apostado cada vez mais nos chamados "prédios verdes". Segundo dados da consultoria Cushman & Wakefield, no Rio de Janeiro, em apenas dois anos, 40% dos novos prédios comerciais deverão adotar ações como reutilização de água e redução de luz e dejetos. Em 2011, o número de pedidos para o selo Leed , específico para construção com menor impacto no meio ambiente, cresceram 140%.

Fonte: DCI Online, 13/02/2012