ACONTECE IMOB

TODAS AS NOTÍCIAS

Voltar

Notícias

Trazemos para você os destaques da 90ª edição do ENIC, o mais importante evento da Construção Civil brasileira

O Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) aconteceu de 16 a 18 de maio em Florianópolis. Estávamos lá e trouxemos algumas pautas de destaque para você.

21/05/2018

O Convênio de Seguros da Câmara Brasileira da Construção (CBIC) participou do 90º ENIC. O Evento, promovido pela CBIC e realizado pela Associação dos Sindicatos da Indústria da Construção Civil de Santa Catarina (ASICC), trouxe para o centro dos debates o tema “Inovar e crescer, construindo um país melhor”.

A Diretora da GEO e Coordenadora do Convênio de Seguros, Rossana Costa, falou sobre a importância do evento e da participação Convênio “Somos um projeto de seguros que está em contato direto com os profissionais da Construção, ouvindo as suas necessidades em relação a produtos e coberturas, com uma postura totalmente diferente do mercado segurador brasileiro. Onde, comumente, primeiro é lançado um produto de seguro e só após verificada a necessidade do segmento”.



Foto: Rafaela Martin.



Disseminação do Business Information Modeling (BIM)


Na primeira noite do ENIC, foi assinado o decreto que cria a Estratégia Nacional para a Disseminação do Building Information Modeling, o BIM. O anúncio foi feito pelo ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Lima. A iniciativa tem a finalidade de disseminar e induzir a democratização do uso desse conjunto de processos construtivos em todas as obras e projetos realizados pelas diversas esferas do governo federal.



Foto: Pedro Tavares.



Fontes de Financiamento imobiliário

Durante a primeira tarde em que o ENIC ocorreu, a Comissão da Indústria Imobiliária (CIII) - presidida por Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP - pautou um assunto de extrema importância para o setor: recursos para o financiamento imobiliário.

Segundo a consultora Claudia Eloy, da Magalhães & Eloy Consultoria e Assessoria, o SFH conta hoje com R$ 1.06 trilhão de saldo (R$ 497,7 bilhões do FGTS e R$ 563, 7 bilhões do SBPE), enquanto o SFI possui R$ 257 bilhões (R$ 76,3 bilhões de CRI e R$ 183,3 bilhões de LCI). Veja aqui a apresentação.

Logo em seguida, Gilberto de Abreu, presidente da  Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), lembrou que os recursos da caderneta de poupança são finitos. “E a LIG não será panaceia pro crédito. Mas ela precisa estar preparada para um novo momento do cenário, em que certamente será demandada”, finalizou.

Por fim, Flavio Amary, presidente do Secovi-SP, salientou que a proporção de 10% do crédito imobiliário brasileiro em relação ao PIB ainda é muito baixa. “Nosso potencial de mercado é muito acima disso”, apontou. “Para atender a demanda habitacional do País, teremos de produzir 1,5 milhão de casas por ano até 2025. Fora isso, ainda temos de suprir as necessidades de construção de hotéis, galpões logísticos, imóveis comerciais...”, sustentou o dirigente da entidade.



Novas Tecnologias


O painel da primeira manhã do ENIC foi mediado pela Jornalista e apresentadora do programa Mundo S/A, Maria Prata, e teve como debatedores Kevin Nobels, da McKinsey & Company; o diretor do Laboratório de Pesquisas da IBM Brasil, Ulisses Mello, e o presidente da Comissão de Materiais e Tecnologia (COMAT/CBIC) e líder do Projeto Foresight – pensamento de futuro para o setor, Dionyzio Klavdianos. Na ocasião, foi dado um panorama sobre os impactos da inovação e das novas tecnologias nos negócios.

O Sócio e Fundador da Vitacon Empreendimentos Imobiliários, Alexandre Frankel, disse trabalhar com cinco tendências que apontam para o futuro: mobilidade (fazer tudo no mesmo lugar); tempo (aplicativos e serviços que ajudam a ganhar tempo); compactação de espaços (reduzir espaços habitáveis, onde o ideal são 10 metros quadrados); compartilhar (carro, lavanderia, cozinha, hortas, ferramentas, tudo, como o coworking, em que a pessoa não precisa mais sair do prédio para trabalhar) e tecnologia. Veja a apresentação dele aqui.

“Não dá mais para trivializar a tecnologia, hoje, cujo avanço está acelerado”, afirmou Ulisses Mello, diretor do laboratório de pesquisas da IBM Brasil. “A evolução tecnológica cria uma transformação enorme na área de negócios, permitindo fazer mais com investimentos bem inferiores aos que eram necessários no passado”, continuou. Ele descreveu a função e atuação de, ao menos, quatro pilares de inovação: inteligência artificial, internet das coisas, blockchain e cloud. Alertou que vivemos “uma explosão de dados”, que não pode ser desconhecida por nenhum setor empresarial. No caso da construção, disse que ainda há um descompasso na corrida pela modernização, mas deu exemplos de tecnologias que já apontam erros numa obra, utilização de sensores que monitoram o ambiente, identificam número de pessoas em um prédio e ajudam a fazer uma gestão inteligente do ambiente viabilizando economia de energia e água. Veja a apresentação dele aqui.



Foto: Fabricio de Almeida.



91० ENIC ocorrerá na Cidade Maravilhosa


A próxima edição do ENIC já tem data e lugar para acontecer. Será no Rio de Janeiro (RJ), entre os dias 15 e 17 de maio, numa co realização do Sinduscon-Rio e ADEMI-Rio. O Presidente do Sinduscon-Rio, em entrevista, comentou que será muito importante receber o evento no ano em que a entidade completará 100 anos de existência. Por fim, o Presidente da ADEMI-Rio, Cláudio Kawa Hermolin, lembrou que é muito importante a participação dos profissionais do setor e convidou-os a marcar presença.