ACONTECE IMOB

NOTÍCIAS

Voltar

Sustentabilidade

Sustentabilidade deve ser critério nas licitações

Os critérios de concorrência nas licitações públicas precisam ser revistos para estimular a sustentabilidade na construção civil, e o menor preço deve ser um dos parâmetros, mas não o único.

28/06/2013

Os critérios de concorrência nas licitações públicas precisam ser revistos para estimular a sustentabilidade na construção civil, e o menor preço deve ser um dos parâmetros, mas não o único. A opinião é do presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), Paulo Safady Simão. Ele participou recentemente de debate sobre o papel das construtoras na sustentabilidade.

"O governo tem que mudar seu processo de compra. A compra tem um peso muito grande na obra e da forma como está colocada não dá nenhum estímulo à introdução de critérios sustentabilidade", disse Safady. Para o ele, o modelo atual inibe a inovação. "O preço deve ser um parâmetro, não um teto", completou.

Na avaliação de Paulo Simão, o ambiente de negócios no Brasil é impróprio. "O construtor tem que ter lucro. É a concorrência que vai definir a taxa de retorno ser maior ou menor. O pessoal está preocupado com o lucro do construtor, quando deveria estar preocupado com a maneira de construir, com as regras", criticou.