ACONTECE IMOB

Artigos

Voltar

Construções modulares, uma tendência para a indústria da construção em 2017

De acordo com o site Construction Dive, uma grande referência para gestores da construção civil de todo o mundo, a construção modular será uma das grandes tendências da indústria em 2017 e o motivo é bastante simples: construir usando módulos é mais rápido e, consequentemente, mais barato, podendo resultar ainda em um produto final com mais qualidade.

21/07/2017


De acordo com o site Construction Dive, uma grande referência para gestores da construção civil de todo o mundo, a construção modular será uma das grandes tendências da indústria em 2017 e o motivo é bastante simples: construir usando módulos é mais rápido e, consequentemente, mais barato, podendo resultar ainda em um produto final com mais qualidade.

Um dos motivos que tornam este tipo de construção mais rápida é que ela não depende dos fatores climáticos. A fabricação de cada módulo não acontece a céu aberto, mas sim dentro de uma fábrica. Portanto, não há chances das chuvas, por exemplo, impactarem no prazo da obra. Para se ter uma ideia de quão curto é o prazo de entrega de uma construção modular, algumas empresas que fazem esse tipo de trabalho prometem a entrega da casa - com configurações mais simples, é claro -  em apenas três meses!

Ao entregar suas obras de forma mais rápida, a equipe de trabalho é melhor aproveitada, já que pode ser mobilizada para um maior número de projetos ao invés de ficar um tempo longo apenas em uma construção.

Dentre as empresas que atuam no mercado com este tipo de construção, cada uma atua ao seu modo. Algumas oferecem casas minimalistas, outras optam por trabalhar com modelos e conceito modernos. Os materiais também podem diferir: algumas fazem os módulos de madeira, outras de cimento ou ainda usam painéis isoladores de diferentes materiais para o revestimento das construções. 

A padronização dos projetos garante um alto ganho de eficiência: as etapas e os processos são bastante claros e, por isso, é possível, por exemplo, negociar a compra antecipada e em grande quantidade dos materiais que serão utilizados – um dos motivos que tornam as casas modulares mais baratas que as tradicionais. Essa mesma padronização também garante uma qualidade maior ao produto final, já que as dimensões da casa, bem como sua aparência, são definidas pelo construtor e podem ser mais facilmente controladas. 

Com relação à segurança, a casa modular é considerada mais segura, pois a construção é feita em ambiente fechado, com os funcionários sendo constantemente supervisionados. Desta forma, é mais garantido que os processos de qualidade serão seguidos.

 

PONTOS NEGATIVOS

A mesma padronização que traz uma série de pontos positivos a este tipo de obra também pode significar uma desvantagem: muitos clientes, quando vão construir uma casa do zero, gostam de fazer tudo a seu gosto, mas com as casas modulares esse nível de customização não é possível. 

E, por mais que o valor de uma casa modular seja menor que de uma convencional, o pagamento também pode ser um empecilho: pode ser difícil conseguir financiamento e muitos fabricantes também, por sua vez, exigem o pagamento antes do início da construção.

 

Pesando nos prós e contras, não há dúvidas que as casas modulares vieram para ficar e são uma grande tendência na indústria da construção. E você, compraria e moraria em uma casa modular?