ACONTECE IMOB

NOTÍCIAS

Voltar

Construção Social

Empresas do setor se movimentam para resolver entraves à inovação na construção

Com o desafio de cumprir prazos e de buscar sustentabilidade, construtoras movimentam-se para resolver os entraves à inovação no setor.

24/01/2012

Com o desafio de cumprir prazos e de buscar sustentabilidade, construtoras movimentam-se para resolver os entraves à inovação no setor. A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) executa, há dois anos, dez projetos voltados à resolução do que considera gargalos - tributação que induz à produção 'in loco', baixa capacitadas pesquisas universitárias, falta de padronização mínima de materiais, pouca diversidade de laboratórios para a homologação de novas técnicas, limitada disseminação das novidades às empresas, ausência de uniformidade dos códigos de obra em todo o País, falta de atualização das normas técnicas e baixa inovação em obras públicas.

"O setor, após o Minha Casa, Minha Vida, tem se movimentado. Sem isso, não temos como atender ao mercado do jeito que estão os preços com a mão de obra", diz o presidente da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade da Cbic, Sarkis Nabi Curi. A sua expectativa é de que os entraves sejam resolvidos no médio prazo. Trabalho. Por parte dos operários do setor, a animação não parece ser a mesma.

"Os riscos com a industrialização é o desemprego", diz o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo (Sintracon-SP), Antonio Ramalho. Segundo ele, há no País 3,4 milhões de trabalhadores formais na construção civil, e 69% da mão de obra está na informalidade. /G.C.

Fonte: Estado de São Paulo