ACONTECE IMOB

Artigos

Voltar

A profissão de corretor de seguros irá desaparecer?

A resposta é ‘provavelmente não’. O corretor de seguros não irá desaparecer, mas somente ficarão no mercado os profissionais que se adaptarem ao novo modelo e não tiverem medo de se atualizar. 

15/08/2018

Desde que a internet passou a fazer parte do cotidiano das pessoas, muitas profissões estão passando por processos radicais de mudança e reposicionamento, algumas estão até com risco de desaparecer. Isso por conta do consumidor, que mudou o seu modelo de compra, ampliando as suas pesquisas antes de adquirir qualquer produto ou serviço. E como fica a carreira do corretor de seguros neste novo momento em que a sociedade vive? Irá mesmo desaparecer como alguns acreditam? 

A resposta é ‘provavelmente não’. O corretor de seguros não irá desaparecer, mas somente ficarão no mercado os profissionais que se adaptarem ao novo modelo e não tiverem medo de se atualizar. 

Ou seja: dominar ou, pelo menos, conhecer os meios digitais para encontrar e se comunicar com o cliente é fundamental. Além, é claro, de conhecer ainda mais o seu produto e o comprador, para um atendimento personalizado. Aliar-se a empresas que já têm esse know-how, é um grande passo para manter-se firme e forte neste ramo. 

Ser parceiro e receber suporte de quem entende bem o fluxo de compra e que conhece a operação do começo ao fim, como a GEO, pode encurtar - e muito - o caminho entre o seu produto e o cliente. Isso porque a GEO, além de estar há 15 anos neste mercado de desenvolvimento e distribuição on-line de seguros específicos para a Indústria da Construção, conta com uma rede de especialistas nessa indústria, ajudando o corretor a se adaptar a estas mudanças de mercado e de comportamento.

Entre os benefícios podemos afirmar que a Geo não concorre de nenhuma forma com o corretor seguros, apresentando no seu modo de operar uma vantagem competitiva ao profissional de seguros que aderir ao convênio. Em seu portal, conta com mais de 1 mil corretores cadastrados, tendo o maior portfólio independente do Brasil, onde o profissional escolhe o Produto de seu interesse e a Seguradora Garantidora, livremente. 

Vender o que o segurado precisa adquirir e não o que o profissional de seguros deseja vender, é uma excelente dica para manter-se neste mercado.  

Ao mesmo tempo em que o consumidor quer o atendimento personalizado e ser bem tratado, ele tem um poder de pesquisa - e de escolha - muito grande, que não tinha antes da popularização da internet. 

É simples e rápido o cliente dar um ‘Google’ e saber mais da empresa ou do profissional que ele irá negociar antes mesmo de ser atendido, pode encontrar os elogios de outros clientes, mas também críticas e reclamações, por exemplo. 

E é neste ponto em que o corretor pode ser decisivo para o fechamento do negócio, pois é ele quem mais conhece o mercado e pode dar a segurança que o cliente busca para contratar o seguro. Este é um dos pontos mais fortes deste profissional. Pra isso acontecer, no entanto, o corretor precisa ser encontrado nessas pesquisas.


Mercado mais complexo

Se o corretor de seguros conhecer o caminho que o cliente percorre até decidir falar com sua corretora, ele conseguirá ser mais assertivo na proposta, atendendo a necessidade do comprador, o que na área de marketing chamamos de Proposta de Valor. Com ela clara para o profissional, fica mais fácil mostrar como o seu produto ou serviço resolve o problema do cliente. 

Lembrando sempre que é fundamental o corretor conhecer muito bem o que está vendendo. Dificilmente no Ramos de Seguros “o negócio será fechado” se o comprador não tiver total segurança na negociação. Para vender seguros é necessário gerar segurança em quem compra.


Conheça mais sobre a GEO | Convênio de Seguros acessando nosso site ou falando com um de nossos especialistas pelo número 0800.6489009.